sábado, 15 de janeiro de 2011

[Esp] Um pequeno caminho que conduz a Deus


"Nada é pequeno quando o amor é grande" (Santa Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face)

Apresentamos nesta postagem o ensinamento de uma das almas mais pequenas e mais irradiantes da Santa Igreja: o pequeno caminho de Santa Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face.

Alguém poderia perguntar: o que poderia Santa Teresinha dizer àqueles que sofrem na luta pela castidade, especialmente aos que sentem atrações pelo mesmo sexo? 

Durante seus vinte e quatro anos de vida neste mundo, Santa Teresinha nutriu em seu coração um profundo desejo de ser santa. Porém, quando ela pensava em sua vida e a comparava com a vida dos santos (os grandiosos sacrifícios e prodígios que realizavam por graça de Deus), ela se achava muito pequena e limitada. O que uma alma tão pequena poderia oferecer a Deus, que é o Rei dos reis? 

Essa pergunta é muito parecida com a que muitos de nós fazemos todos os dias. "Como poderia eu, que carrego esses sentimentos, agradar a um Deus tão santo e imenso? O que eu poderia fazer para agradá-Lo se eu sou tão pecador?"

"O que agrada a Deus em minha pequena alma é que eu ame a minha pequenez e a minha pobreza, é a esperança cega que tenho em Sua misericórdia" (Santa Teresa do Menino Jesus)

Santa Teresinha encontrou a resposta para essa pergunta do seguinte modo: reconhecendo-se uma alma pequena, ela entendeu que deveria oferecer justamente tudo o que era capaz, pequenas coisas. Isso significa que Santa Teresinha ofereceu toda a sua pequena vida, as pequenas coisas que fazia, suas pequenas preces, seus pequenos gestos de amor, tudo ela ofereceu a Deus, por amor a Ele.

Assim também nós somos chamados a oferecer a Deus nossas vidas. Você que lê essas linhas pode acabar se lamentando dizendo: "Mas eu não consigo amar, nem consigo enxergar o amor de Deus em minha vida". Pois faça a experiência de Santa Teresinha.

Todos os dias diga "O Bom Deus é bom!" e faça a experiência de listar os pequenos gestos de amor de Deus por você. Agradeça-o pelo dom da sua vida, pela providência do pão de cada dia, pelo ar, pela água, pelas belíssimas vegetações, pelo suavíssimo canto dos pássaros, pela providência de pessoas que te amam, pela liberdade, pelos anos de estudo, pela oportunidade de trabalho, pelas Sagradas Escrituras que Ele nos deixou, pela Santa Igreja, pelos sacramentos, pela Santa Eucaristia, por ter nos dado uma mãe tão bondosa e santa como Maria, por ter confiado as nossas vidas a um santo anjo que nos guarda e nos instrui no caminho da vida e, principalmente, por ter nos dado Jesus, seu Filho Unigênito, como nosso Salvador.

Veja como você é amado pelo Bom Deus!

Então faça a experiência de oferecer os seus pequenos gestos a Deus também. Na sua família, busque obedecer e amar seus pais, amar os seus irmãos, perdoar as ofensas deles e saber pedir perdão pelas suas ofensas contra eles. Faça os pequenos serviços domésticos com amor, sempre de boa vontade, evitando resmungar ou mesmo julgar seus parentes. No trabalho, faça tudo com amor e o melhor que puder. Sirva aos seus colegas de trabalho e ao seu patrão com diligência, sem recusar-lhes nenhuma ajuda. Busque ter conversas santas, falando sobre as coisas do dia-a-dia pensando nas coisas do Céu. Não blasfeme, suporte cada dor com paciência, associando sua cruz à de Jesus. Não fofoque, não fale mal dos seus colegas e não seja omisso diante de injustiças. Reze por todos, todos os dias. Estando entre amigos, faça de cada gesto de carinho um convite à santidade. Fuja das conversas vazias e maliciosas, não embarque nas brincadeiras ofensivas e não ceda à luxúria. Trate seus amigos como se eles fossem o Senhor Jesus. Com todos seja respeitoso. Busque encontrar motivos para se alegrar em Deus ao invés de ceder à tristeza.

E, muito importante: tenha uma vida de oração e de recebimento dos sacramentos. Cultive sua amizade com Deus! 

Essas coisas são pequenas e quase ninguém as vê, senão o Bom Deus. Nessas pequenas coisas, ofereça a sua vida a Ele e peça que Ele venha viver com você.
Se tudo parecer impossível e se a sua pequenez ameaçar esmagar as suas esperanças de viver uma vida santa e casta, lembre-se que Jesus, no aparente silêncio, está a te dizer:

"Vinde a mim, você, meu querido filho, minha querida filha, que está tão cansado e eu te aliviarei".

Lembre-se também que Jesus te deu um preciosíssimo presente: sua amada Mãe. Reze pedindo que o Imaculado Coração de Maria inunda o seu pequeno coração com a imensidão do amor de Deus. Se não souber como rezar, saiba que o Espírito Santo suscitou na história da Igreja uma frutuosa devoção que é o Santo Terço. Contemple os mistérios da vida, morte e ressurreição de Jesus pelos olhos de Maria e, na meditação desses santos eventos, peça as graças de que mais necessita.

Se estiver ao seu alcance, busque ir à Missa todos os dias. Se não, vá todos os domingos. Ou se isso não for possível, vá sempre que puder. Se você não se acha alguém muito devoto, vivencie a Missa com a sua atenção. Na hora do perdão, faça um profundo exame da sua consciência. No glória, reconheça que Deus é Deus. Na coleta, reze em alguma intenção. Preste atenção às leituras e à homilia. No ofertório, oferte sua vida a Deus. Na oração eucarística, adore Jesus presente no pão e no vinho consagrados. Na comunhão, se você estiver em estado de graça (ou seja, se você estiver plenamente reconciliado com Deus e não estiver em pecado mortal), comungue e viva aquele momento com amor. Se você estiver em pecado e não puder comungar, confie-se à misericórdia divina e, lembrando das leituras do dia, abra seu coração para ouvir o convite de Deus para que você tenha uma vida de comunhão com Ele.

Com Santa Teresinha, alegre-se de conquistar a cada dia pequenas vitórias, que dia após dia se tornarão maiores até a grandíssima vitória de Deus sobre a sua vida: que você seja salvo e viva, na eternidade, uma
vida de comunhão de amor com Deus e com seus anjos e santos.


Santa Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face, rogai por nós.

Indicações:
 
Leitura de "História de uma alma", autobiografia de Santa Teresa do Menino Jesus.
 
Assista ao filme "Therèse", baseado na vida de Santa Teresa do Menino Jesus.
 
Vídeos:
 
     História de Santa Teresa, parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=pYwlUkJJAE0
     História de Santa Tesesa, parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=UiUAPHBEZC4&feature=related
     História de Santa Teresa, parte 3: http://www.youtube.com/watch?v=NBj84qsgRBY&feature=related
     História de Santa Teresa, parte 4: http://www.youtube.com/watch?v=mvJ0xCUyipM&feature=related
 
Aproveitamos a oportunidade para indicar o site "Castidade: caminho seguro". O site traz o trabalho evangelizador realizado por um casal, Valdirene e Marcos, que pregam sobre a afetividade e sexualidade humana. Confiram: http://www.castidade.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.