sexta-feira, 29 de junho de 2012

Nono dia de oração


Chegamos ao fim deste combate e a vitória nos é dada por Cristo. Aleluia!

Olá, caro leitor. A paz de Cristo! Hoje é nosso último dia de oração, encerrando nossa novena para rezar em prol da castidade. Hoje rezamos pelo Santo Padre Bento XVI. Faça conosco a meditação abaixo e não se esqueça de depois rezar o Santo Terço. Agradecemos a sua companhia até aqui. Confiantes em Deus, colheremos os frutos de nossos esforços, sacrifícios e orações. Um abraço fraterno e um bom dia para você.


Nono dia de oração : pelo papa

Dia de São Pedro, primeiro papa, e de São Paulo


Exame de consciência

O Santo Padre é o bispo de Roma e o vigário de Cristo. A ele foi confiada a missão de "apascentar as ovelhas", de confirmar os outros na fé e de, pelo "poder das chaves", ligar e desligar as coisas no Céu e na terra. Também, a ele foi confiado os tesouros do Rei do universo e cabe a ele protegê-los e administrá-los segundo as ordem desse magnífico Rei. Por isso, dizemos, como cristãos, que cabe ao Papa a responsabilidade pelas almas cristãs e pela preservação do "depósito da fé". Trata-se de um simples homem, como todos nós. Imperfeito, limitado e pecador. Porém, incumbido de uma missão divina, sublime e, por isso mesmo, pesada.

É notável que a maior preocupação dos papas é a preservação da unidade da fé entre os cristãos. E como isso tem custado ao sucessor de São Pedro nestes tempos! Bento XVI começou seu pontificado pedindo nossas orações, para que não vacilasse diante dos "lobos". Nós, do Juventude Coragem, temos apenas a agradecer a Sua Santidade. Deu-nos, quando prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, todas as diretrizes para lidar pastoralmente com nossa cruz. Hoje em dia, não mede esforços para manifestar aos jovens seu desejo de que amem a Cristo. Suas homilias, encíclicas e documentos pontifícios apresentam o esforço de alguém ciente do caos cultural em que estamos, perdidos entre tantas idéias e tantas políticas contrárias aos valores cristãos. Suas ações como pontífice mostram seu amor pela Igreja e seu desejo da unidade entre nós, cristãos. Com razão, a tradição espiritual legou-lhe o carinhoso título de "o doce Cristo na terra". Mesmo em idade tão avançada, ele está lutando por Cristo. E nós, como jovens e discípulos do Senhor, o que temos feito?    


Leitura breve




"À maneira de filhos obedientes, já não vos amoldeis aos desejos que tínheis antes, no tempo da vossa ignorância. A exemplo da santidade daquele que vos chamou, sede também vós santos em todas as vossas ações, pois está escrito: 'Sede santos, porque eu sou santo' (Lv 11,44). Se invocais como Pai aquele que, sem distinção de pessoas, julga cada um segundo as suas obras, vivei com temor durante o tempo da vossa peregrinação. Porque vós sabeis que não é por bens perecíveis, como a prata e o ouro, que tendes sido resgatados da vossa vã maneira de viver, recebida por tradição de vossos pais, mas pelo precioso sangue de Cristo, o Cordeiro imaculado e sem defeito algum, aquele que foi predestinado antes da criação do mundo e que nos últimos tempos foi manifestado por amor de vós." (São Pedro. Primeira carta 1,14-20)

"Porque para mim viver é Cristo e morrer é ganho" (São Paulo. Carta aos Filipenses 1, 1)

"Demais, para que a grandeza das revelações não me levasse ao orgulho, foi-me dado um espinho na carne, um anjo de Satanás para me esbofetear e me livrar do perigo da vaidade. Três vezes roguei ao Senhor que o apartasse de mim. Mas ele me disse: 'Basta-te minha graça, porque é na fraqueza que se revela totalmente a minha força'. Portanto, prefiro gloriar-me das minhas fraquezas, para que habite em mim a força de Cristo. Eis por que sinto alegria nas fraquezas, nas afrontas, nas necessidades, nas perseguições, no profundo desgosto sofrido por amor de Cristo. Porque quando me sinto fraco, então é que sou forte". (São Paulo. Segunda Carta aos Coríntios 12, 7-10)


Oração

Nós Vos pedimos, Senhor Jesus, que concedais a graça da santificação do Papa Bento XVI. Pela Vossa bondade, conservai-o na fé, na esperança e na caridade. Inflamai em sua alma tamanha caridade que ele seja testemunho de santidade para todos os cristãos. Concedei-lhe, também, a força, a sabedoria e a coragem para combater os lobos que desejam dispersar Vosso rebanho. Confiamo-nos à intercessão da Santíssima Virgem, vossa mãe, e de São José, São Luiz Gonzaga, São Pedro, São Paulo  e dos santos anjos da guarda. Isso nós pedimos a vós, Senhor Jesus, que viveis e reinas pelos séculos dos séculos. Amém.




Juventude Coragem ama o Papa Bento XVI e o apoia. Viva o Santo Padre! Viva o Sucessor de São Pedro! Viva o vigário de Nosso Senhor Senhor Jesus Cristo! 


(Sugestão de oração)

Santos Apóstolos São Pedro e São Paulo, eu vos escolho hoje e para sempre por meus especiais protetores e advogados. 
Alegro-me em toda a humildade convosco, glorioso São Pedro, Príncipe dos Apóstolos, por serdes aquela pedra, sobre a qual Deus edificou a Sua Igreja; como também convosco, ó bem-aventurado São Paulo, escolhido por Deus vaso de eleição e pregador da verdade no mundo universo.  
Eu vos rogo me alcanceis viva fé, firme esperança e perfeita caridade, um total desapego de mim mesmo, desprezo do mundo, paciência nas adversidades, humildade nas prosperidades, atenção na oração, pureza de coração, reta intenção nas obras, diligência no cumprimento das obrigações meu estado, constância nos propósitos, resignação na Vontade de Deus e perseverança na graça divina até a morte, para que, mediante a vossa intercessão e vossos gloriosos merecimentos, vença as tentações do demônio, do mundo e da carne, e me torne digno de aparecer na presença do supremo e eterno Pastor das almas, Jesus Cristo, que com o Pai e o Espírito Santo, vive e reina por todos os séculos dos séculos, para O gozar e amar eternamente. Amém.  
Pai nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... 
(Indulgência parcial - Oração retirada do livro "Adoremus: Manual de Orações e Exercícios Piedosos", de Dom Eduardo Herberhold, OFM, 1926, 15ª edição)

Fonte: Blog A grande guerra



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.