segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

[AC] Nossos votos de final de ano...


Caríssimos amigos,

Estamos, a cada dia, mais próximos da festa que recorda o grande acontecimento de toda a história, o nascimento do Salvator Mundi, Jesus Cristo. É a entrada do Amor no meio da humanidade. O Amor passou a habitar o coração de cada pessoa.

Estamos, também, concluindo a jornada de mais um ano. Foi, sem duvida, um ano de muitas lutas, mas cremos, de muitas vitórias para nós todos. Por isso, deixamos este trecho de um escrito do Beato Cardeal Newman, como pensamento para este final de ano:

Tudo passa debaixo do céu, primavera, verão, outono, cada estação tem sua vez. Passam também as fortunas do mundo: quem antes dominava é agora humilhado e se eleva quem antes estava no chão.

Quando caímos na desventura, bate asas a riqueza e voa. Tornam-se inimigos os amigos, e vice-versa; mudam-se também nossos desejos, aspirações e projetos. Nada há estável fora de Vós, meu Deus! Sois o centro e a vida de todos os que, embora mutáveis, em Vós confiam como Pai, em Vós põem os olhos, satisfeitos de se poderem entregar em vossas mãos.

Bem sei, Deus meu, que me devo modificar se quiser chegar a contemplar a vossa face. Trata-se da morte. Corpo e alma devem morrer para este mundo. Minha pessoa, minha alma devem ser regenerados porque só quem é santo pode chegar a vos ver[...] Fazei que dia por dia me modele por Vós e, abandonando-me em vossos braços, seja transformado ‘de glória em glória’.

Para me unir convosco, ó Senhor, tenho de passar por provas, tentações, lutas. Embora não saiba exatamente o que me espera, isto ao menos sei, e também sei que, se não estiverdes ao meu lado, não ao melhor, e si ao pior me encaminharei.

Seja minha sorte qual for, rico seja eu ou pobre, sadio ou enfermo, cercado de amigos ou abandonado de todos, tudo acabará mal se quem me sustentar não for o Imutável. Ao contrário, tudo acabará bem se tiver Jesus comigo, Jesus que é o “mesmo hoje, amanhã e sempre” (Hb 12,30).

[Beato John Henry Cardeal Newman. Maturidade Cristã. 
São Paulo: Paulinas, 1968, p.281-282]

Queremos, portanto, deixar essa simples mensagem, com os melhores votos de um Feliz Natal, e que a paz que o Cristo menino, Príncipe da Paz, possa encher os seus corações, como encheu o coração da Santíssima Virgem, de São José e dos pastores de Belém.


Um abraço a todos!
COURAGE BRASIL

O setor brasileiro do Courage Apostolate

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.