terça-feira, 15 de abril de 2014

[Atld] A Estratégia – O plano dos militantes homossexuais para transformar a sociedade


Em tempos onde os ideólogos de gênero, os militantes gays e todos os inimigos da família trabalham febrilmente para acabar com aquilo que Deus constituiu o cristão é chamado, como filho da luz, a ser como Nosso Senhor aconselha "astutos como as serpentes e mansos como as pombas" (Mt 10,16). Porém, um guerreiro mal treinado, mal informado e mal capacitado, aumenta em 50% as chances de vitória do inimigo.

Jesus nunca esconde o jogo. Ele quer que o discípulo saiba que enfrentará ataques e hostilidade de todos os tipos e de todos os lados. Todavia, ser cristão não é ser bobo. Embora Nosso Senhor Jesus Cristo tenha se submetido às autoridades, ele não se iludiu quanto à malícia delas e, nós diante do que vemos, não podemos ficar de braços cruzados.

Desde o princípio a família tem sido a base da sociedade civilizada. Pai, mãe e filhos — essa foi e é a pedra angular do bem-estar social e da manutenção da vida na Terra por milênios. Porém, nas últimas décadas, a família não tem sofrido apenas com o aumento do divórcio e das crises internas; ela tem sido implodida pela estratégia gay que visa erradicar a estrutura moral da sociedade e promover todo tipo de promiscuidade como se fossem coisas naturais e moralmente corretas.

Enquanto programas da TV proclamam a falácia de que os gays querem apenas respeito e tolerância, sabemos que isso não é a verdade.

O que os militantes homossexuais e seus apoiadores querem não é apenas tolerância à homossexualidade, respeito e a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Eles desejam a legitimação de padrões de comportamento que a Palavra de Deus, a Sagrada Tradição, o Magistério da Igreja e a Lei Moral com que o Criador nos dotou (Lei Natural) identificam como pecado que clama a vingança divina. E cabe aos cristãos, como sal da terra e luz do mundo (cf. Mt 5,13-14), denunciar o pecado e combater esse plano diabólico para destruir o ser humano, feito à imagem e semelhança de Deus (cf. Gn 1,27).

O Reverendo Louis P. Sheldon há 33 anos vem pesquisando o assunto e denunciando a estratégia gay. Ele reuniu neste livro as informações necessárias para conscientizá-lo sobre o que os homossexuais têm feito para manipular a opinião pública e sobrepor-se aos direitos dos demais cidadãos, contribuindo para que você e sua família não caiam nesta armadilha.

A Parte I - Os fatos e a ficção - oferece um olhar abrangente sobre o movimento gay e as dramáticas diferenças entre as afirmações fraudulentas dos homossexuais e a realidade mortal de seu devastador estilo de vida.

A Parte II - Mudando a cultura - analisa como o lobby homossexual vem atacando os valores tradicionais nos tribunais, nos locais de trabalho e nas escolas.

A Parte III - Protegendo o futuro - fala sobre como cristãos e outros cidadãos podem posicionar-se para contra-atacar o movimento gay, assegurar proteção à família e restaurar o tecido moral da sociedade. Nos capítulos finais, há as considerações do autor e algumas sugestões dele para o despertamento da Igreja em defesa do casamento, da família e dos valores éticos e morais.

Hoje, é esse o livro que deixamos nesta Semana Santa, como dica de leitura. Não deixe que a família seja crucificada como Jesus o foi na cruz. 

Faça download AQUI e boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.