quarta-feira, 11 de junho de 2014

[Atld] Conferência: “A Afetividade, e a necessidade de formar personalidades maduras”

O Catecismo da Igreja Católica, no § 2337, afirma que “A castidade significa a integração conseguida da sexualidade na pessoa, e daí a unidade interior do homem no seu ser corporal e espiritual”. E no § 2339: “A dignidade do homem exige que ele proceda segundo uma opção consciente e livre, isto é, movido e determinado por uma convicção pessoal e não sob a pressão de um cego impulso interior ou da mera coação externa. O homem atinge esta dignidade quando, libertando-se de toda a escravidão das paixões, prossegue o seu fim na livre escolha do bem e se procura de modo eficaz e com diligente iniciativa os meios adequados”

Por isso, aproveitamos para convidar os nossos amigos e leitores para uma conferência que o Instituto do Verbo Encarnado (IVE) estará promovendo em São Paulo, na Diocese de Santo Amaro.


A Conferência versará sobre o seguinte tema: A Afetividade, e a necessidade de formar personalidades maduras”. A realizar-se sábado, dia 14 de junho de 2014 às 15h na Mitra Diocesana de Santo Amaro em São Paulo – SP.

O conferencista será o Pe. Miguel Ángel Fuentes, sacerdote do Instituto do Verbo Encarnado. Mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Angélicum, de Roma; e doutor em Teologia com especialização em Matrimônio e Família, pelo Instituto João Paolo II, da Universidade Lateranense de Roma.

Publicou numerosos artigos em revistas de teologia, uma vintena de livros (alguns deles traduzidos ao inglês, ao italiano, ao português e ao árabe), e os vinte e um números da coleção “Virtus” (sobre a formação da afetividade).

Maiores informações podem ser conseguidas no site do Instituto, que pode ser acessado aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.