quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

[Esp] Feliz Natal!

Eu vos anuncio uma grande alegria: nasceu o Salvador, que é o Cristo Senhor” (cf. Lc 2, 10-11)


Caríssimos amigos,

"O Salvador nasceu no silêncio e na pobreza mais extrema. Veio como luz que ilumina cada homem" -- observa o Evangelista -- "mas o mundo não o reconheceu" (Jo 1, 8.11). O Apóstolo acrescenta: "Mas, a quantos o receberam, aos que nele crêem, deu-lhe o poder de se tornarem filhos de Deus" (Jo. 1, 12). A luz prometida iluminou os corações de quantos perseveraram na expectativa vigilante e laboriosa.

Somos exortados também a nós a sermos sóbrios e vigilantes, para não nos deixarmos sobrecarregar pelo pecado e pelas preocupações excessivas do mundo. De fato, é vigiando e rezando que poderemos reconhecer e acolher o esplendor do Natal de Cristo. Mas a pergunta é: a humanidade do nosso tempo espera ainda um Salvador?

Tem-se a impressão de que muitos consideram Deus fora dos seus interesses. Aparentemente não precisam d'Ele; vivem como se Ele não existisse e, ainda pior, como se fosse um "obstáculo" a superar para se realizarem a si mesmos. Também entre os crentes temos a certeza há quem se deixa atrair por quimeras aliciantes e distrair por doutrinas desviantes que propõem atalhos ilusórios para obter a felicidade. Sem dúvida, falsos profetas continuam a propor uma salvação a 'baixo preço', que termina sempre por gerar violentas desilusões[*].

Nestes tristes dias em que vivemos, há ainda, homens de boa vontade autênticos, que vigiam e lutam, que esperam... confiantes que o Senhor vem e amanhã contemplaremos a sua glória.

Feliz Natal! 

COURAGE BRASIL
O setor brasileiro do Courage Apostolate

*Papa Bento XVI, Audiência Geral. Quarta-feira, 20 de Dezembro 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.