quinta-feira, 14 de abril de 2016

[Esp] Crescimento espiritual e emocional: nove verdades espirituais (Parte I)


"As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes do autodomínio, educadoras da liberdade interior, e, às vezes, pelo apoio duma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem aproximar-se, gradual e resolutamente, da perfeição cristã." Catecismo da Igreja Católica. n.2359.


Esperança heróica

As pessoas que enfrentam a homossexualidade muitas vezes o fazem sozinhas. O Apostolado Courage oferece esperança e companheirismo àqueles que desejam se confiar à orientação da Igreja na lida com seus sentimentos homossexuais. A Igreja diz a todos que desejam escutar: "Sede castos e heróis! Vivei a vida do auto-domínio na sexualidade". Mas, as vozes da tentação são muito fortes. Várias pessoas seguem seus impulsos, tomando o caminho que leva ao desapontamento e até à morte. Eles chamam isto de liberdade, mas acabam escravos dos seus desejos. Os membros do Apostolado Courage entendem que vencer a batalha contra a tentação é o começo da liberdade e felicidade verdadeiras.

Se você é uma pessoa que enfrenta atrações pelo mesmo sexo, o Apostolado Courage recomenda uma jornada espiritual para sua situação. Este artigo oferece um guia para essa jornada. Nove verdades espirituais, que outros tem posto à prova e achado que ajuda, são apresentados para guiar e encorajar seu progresso. Essas nove verdades podem ser lidas todas de uma vez, mas elas são indicadas para serem usadas durante o tempo das nove conversas com o grupo do Apostolado Coragem ou com o mentor.

Cada uma das ideias nesta seção é um trampolim espiritual voltado a proporcionar uma conversa que ajude você e a seu mentor a construir os fundamentos de uma robusta vida espiritual.


1. Cristianismo é aproximar-se de Cristo, não apenas evitar o pecado

Caminhar com Jesus envolve o fomento de uma forte vida de oração. Isto significa não apenas algumas poucas preces antes de dormir ou na Igreja, mas um vigoroso e real relacionamento em que você diz a Ele tudo o que sente, pede tudo o que precisa e O acolhe como seu melhor amigo e maior influência. Jesus deu início a sua missão no mundo dizendo: "Eu vim para libertar os cativos" (Lc IV, 18). Ele pode nos libertar do punho de ferro dos nossos pecados se nós O seguirmos. Mas, Ele não imporá sobre nossa vida Seu caminho. Está em nossas mãos convidá-lo a caminhar conosco. Daí Ele nos faz livres - verdadeiramente e jubilosamente livres - não de uma só vez, mas um passo de cada vez, a seu tempo.


2. Você não tem que seguir sozinho

Como norte-americanos [o texto foi escrito por um estadunidense], achamos que nós temos de ser individualistas ferrenhos, mas isto é a apenas nosso tolo orgulho. A fé solitária rapidamente fica estacionada e desviada. São necessários para esta jornada com Cristo os relacionamentos com outros fiéis. Jesus disse: "Onde dois ou mais estiverem reunidos, lá eu estarei no meio deles" (Mt XVIII, 20). Encontrem pessoas com as quais vocês possam falar ou cuja fé vocês respeitam. Contem uns ao outros suas histórias, com frequência. Mantenham contato. Criem laços fortes. Estejam ali uns para o outros, especialmente com suas preces, quando as tentações e as tribulações vierem. Vir, as tentações e as tribulações virão certamente. Então, que vocês consigam aliados. É assim que as grandes vitórias são alcançadas. Isto é chamado Igreja.


3. Tribulações são um presente ... se você rezar

A Missa diz: "É justo e necessário Vos louvar sempre e em todo lugar, Deus Santo...". O quê? Sempre? Mesmo em nossas tribulações? Sim, é isso mesmo. Todo problema é um presente porque é uma oportunidade de crescer. É por isso que Deus nos permite encarar a dor - desse modo Ele pode nos moldar. Não fuja. Vá direto até Ele quando a vida te socar de tribulações. Se estiver zangado, diga para Ele. Ele quer o verdadeiro você e, assim, "pede e receberás" (Mt VII, 7) a ajuda que precisa. Diga também para seus aliados espirituais, especialmente seu mentor (diretor espiritual). Deus também opera por meio do seu mentor. Quanto mais difícil for a batalha que você estiver encarando, tanto mais te ajudará Cristo e tanto mais você aprenderá e crescerá.


(continua)

4 comentários:

  1. Pe. Carlos Aparecido Marchesani10 de julho de 2010 22:44

    Paz e bem. Como é bom perceber o sopro do Divino Espírito sobre todos os irmãos na fé em Jesus Cristo, que com a sua verdade de vida, sentem o chamado à santidade de vida, vivendo sua realidade iluminados pelo Senhor e Doador da vida e vida em abundância.Fiquei impressioando com a profundidade dessas reflexões que revelam uma maturidade física,psíquica, moral e religiosa para ser transformado no amor daquele que é Amor. Que Deus possa derramar as mais copiosas bênçãos sobre todos os que acessam este blog verdadeiramente cristão. Paz e bem a todos. Pe. Carlos Aparecido Marchesani

    ResponderExcluir
  2. Parabenizo pelo artigo e pela iluminadora iniciativa do Apostolado Courage. Isso prova como a nossa Igreja é rica...fazendo valer a promessa feita por Jesus sobre as muitas moradas que Ele nos preparará. É muito consolador constatar que está preparação começa tambem aqui...com a Igreja apontando caminhos de apostolado aos que sentem atração pelo mesmo sexo. Louvado seja Deus.

    ResponderExcluir
  3. Parabenizo pelo artigo e pela iluminadora iniciativa do Apostolado Courage. Isso prova como a nossa Igreja é rica...fazendo valer a promessa feita por Jesus sobre as muitas moradas que Ele nos preparará. É muito consolador constatar que está preparação começa tambem aqui...com a Igreja apontando caminhos de apostolado aos que sentem atração pelo mesmo sexo. Louvado seja Deus.

    ResponderExcluir
  4. Parabenizo pelo artigo e pela iluminadora iniciativa do Apostolado Courage. Isso prova como a nossa Igreja é rica...fazendo valer a promessa feita por Jesus sobre as muitas moradas que Ele nos preparará. É muito consolador constatar que está preparação começa tambem aqui...com a Igreja apontando caminhos de apostolado aos que sentem atração pelo mesmo sexo. Louvado seja Deus.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.