A Espiritualidade do Courage

.
Enraizada no coração sacerdotal do Padre John Harvey, OSFS, cuja espiritualidade nasceu de um profundo relacionamento pessoal com Nosso Senhor Jesus Cristo e inspirada na espiritualidade da fervorosa devoção ao Sagrado Coração de Jesus dos Oblatos de São Francisco de Sales, a espiritualidade do Apostolado Courage  reflete o pedido de São Francisco de Sales: “Viva Jesus!”. Na ‘Filotéia’ (Introdução à Vida Devota), São Francisco de Sales abre o caminho para que as pessoas vivendo no mundo desenvolvam uma vida cristã fundada sobre a união de seu coração com o Sagrado Coração de Jesus e numa diária luta marcada pelo total oferecimento da vida e de todos os trabalhos em união com Deus. Desta maneira, o Santo nos diz que cada cristão traz o amor e cura do Coração de Jesus aos demais. São Francisco também demonstra como a vida diária de cada cristão não é apenas um presente de Deus, mas também uma vida que podemos restituir ao Divino Doador. Nossos trabalhos, labutas e sofrimentos, lado a lado com o descanso, os triunfos e alegrias se tornam uma oferta orante, uma oferta que pode ser direcionada para a união com Deus. Desta forma, todo cristão colabora na renovação da Igreja e na salvação do mundo.

São Francisco de Sales.
A sua espiritualidade é
a base da nossa espiritualidade.
Padre John Harvey possuía uma bondade simples, expressa na sua paternidade espiritual especialmente pelas almas que experimentavam atração pelo mesmo sexo (AMS). Ao mesmo tempo, ele era um homem de grande força espiritual, inabalável fé e nobre caráter. Ele acreditava no cuidado desses homens e mulheres da mesma forma que ele cuidava de cada pessoa humana diante de um desafio, respondendo “à pessoa”. Ele descobriu que respondendo a cada pessoa como a uma inteligente e livre criança de Deus, tratando-as com igual dignidade, estando disposto em dividir suas dificuldades, as paredes do isolamento, o medo e a desolação diminuiriam. E assim é para nós, homens e mulheres do Courage, devemos imitar seu espírito de fidelidade, humildade e compaixão. Apenas com a compreensão do amor de Jesus por todas as almas, que não conhece medidas ou limites, é que poderemos também ser preenchidos com compaixão e generosa solicitude por cada pessoa que vem a nós em seu tempo de necessidade.

São Francisco de Sales acredita que a essência da vida comunitária para os Oblatos é vivida mais autenticamente pela comunhão com Cristo e os irmãos. Mas o Santo também provê um caminho de comunidade para todos os cristãos, exortando-nos a construir uma fiel e fecunda comunidade humana. Isto é melhor realizado, diz o Santo, trazendo o amor de Deus a tudo que fazemos. Este amor, oferecido a Deus e a cada um, nos une em uma comunidade de caridade com Cristo e com cada um. Dessa forma, nós colaboramos com o trabalho do Padre Harvey construindo grupos de apoio espiritual, comunidades fundadas em Cristo pelo amor à assistência aos membros para amarem como Cristo ama, casta, pura e desinteressadamente, jamais traindo de qualquer forma a fidelidade e cuidado eterno que são marcas do Divino Amor.

Padre Harvey aprendeu de Cristo, fonte de seu amor, que o dom do amor aos outros primeiro o obriga ao amor à Igreja universal (Igreja Católica), ao Papa e aos bispos unidos a ele. Padre Harvey nunca trabalhou fora de uma permanente obediência a Cristo e a seu Vigário na terra, o Santo Padre. O Apostolado Courage (Courage Apostolate) estava, e ainda está, no coração da Igreja. Isto é para nós, homens e mulheres do Courage, permanecer sempre fieis à Mãe Igreja, compreender este apostolado como Padre Harvey o compreendeu, não como seu projeto, não como sua invenção, mas antes como uma pertença a Cristo, que tinha inspirado e a abençoado sua criação. 

"O Apostolado Courage
está no coração da Igreja"
O coração da espiritualidade Courage e do Encourage (grupo para suporte às famílias dos que têm AMS), baseada nos escritos [e na espiritualidade] de São Francisco de Sales e as Cinco Metas de Courage são a crença de que a santidade é possível no dia-a-dia. Através do Apostolado Courage aqueles que experimentam atração pelo mesmo sexo são encorajados a aprofundar seu discipulado cristão através da participação na vida sacramental da Igreja, particularmente pela frequência do recebimento da Eucaristia e do sacramento da confissão, como também através de uma vida de oração regular, testemunho, aconselhamento, serviço e autodoação. Ao desenvolver uma dedicada vida de oração e a busca de uma meditativa e orante união com o Sagrado Coração de Jesus, nós reconhecemos nossa verdadeira identidade de filhos de Deus, homens e mulheres em Cristo, compreendendo e experimentando o incondicional amor de Deus, conformando-nos assim à Sua vontade para nossa vida. O Padre Harvey reconheceu que esta transformação enquanto processo requer grande paciência e perseverança, processo em que uma castidade imperfeita (castidade em que ainda há afeto desordenado) dará lugar a castidade interior do coração, quando uma alma procura verdadeiramente integridade e santidade em Cristo.

O aspecto comunitário do Courage se estende a uma apreciação profunda da importância da assistência às famílias com membros que experimentam atração pelo mesmo sexo. O Encourage provê suporte para os familiares e aqueles preocupados com filhos, filhas, esposas e amigos afetados pela atração pelo mesmo sexo, ajudando-os a entender essa luta e a necessidade de abraçar uma vida casta (Congregação para a Doutrina da Fé, Carta Homossexualitatis Problema, § 16). Os familiares e amigos também sofrem e eles também precisam de suporte da comunidade enraizada na reverência pela Verdade, aquela [comunidade] fundada sobre e fiel à crença de que o ser humano, feito à imagem de semelhança de Deus, não pode ser reduzido a uma referência a seus desejos sexuais.

As famílias também se beneficiam do entendimento de que nós todos temos problemas pessoais e dificuldades que nos desafiam e às vezes se apresentam como obstáculos ao nosso crescimento. Ao mesmo tempo, nossas dificuldades e desafios são acompanhados por forças, talentos e dons. Quando a Igreja provê um contexto extremamente necessário para o cuidado da pessoa humana recusando-se a considerar os indivíduos como ‘heterossexuais’ ou ‘homossexuais’, insistindo que cada pessoa tem uma identidade fundamental como criatura de Deus, e pela graça, como um filho de Deus e herdeiro da vida eterna, nós estamos envoltos no amoroso abraço da Verdade de Deus.

O união com o Sagrado Coração de Jesus,
 é o cerne da nossa espiritualidade. 
Oração do coração é o caminho para a união do coração com o Sagrado Coração de Jesus. É esta união do coração com o Sagrado Coração de Jesus que também traz cura e força aos familiares e amigos de pessoas daqueles que têm AMS. Essa é uma importante observação do Padre Harvey, quando trabalhando com pais de pessoas que experimentam atração pelo mesmo sexo, os ajudam a desenvolver melhor seu próprio relacionamento com o Senhor. Os pais devem confiar seus filhos ao Senhor, permitindo a Ele trazer a cura para seus corações em primeiro lugar. No glorioso trespassado Coração de Jesus, os familiares encontrarão o dom que seu membro sofredor mais precisa e, de fato, deseja, o dom do amor, purificado e inflamado com o Divino Amor. Então, a espiritualidade de Courage e Encourage requer um firme assumir da segunda das Cinco Metas:
“Dedicar a própria vida à Cristo por meio do serviço ao próximo, da leitura espiritual, da oração, da meditação, da direção espiritual particular, da participação frequente da Missa e do recebimento constante dos sacramentos da Reconciliação e da Santa Eucaristia (ORAÇÃO E DEDICAÇÃO)”.
Através dessas práticas espirituais, a beleza profunda de uma vida casta será vista e abraçada e o coração estará preparado e sustentado por verdadeira amizade.

Os Doze Passos do Courage, baseados nos Doze Passos dos Alcoólicos Anônimos[I], são entendidos  dentro do contexto da oração e da vida sacramental da Igreja Católica Romana. A participação na ‘vida Courage’ é um convite para crescer espiritualmente também em santidade. Enquanto o programa dos doze passos é uma parte integral da ‘disciplina courage’, o coração da espiritualidade e da ação do apostolado é sempre um pessoal relacionamento com Cristo como membro de Seu Corpo Místico, com Ele que nos cura e nos dá a força para viver a virtude da castidade e todas as virtudes cardeais e teologais. A natureza profundamente espiritual do Courage deve continuar a ser não apenas um método para se alcançar a abstinência sexual, mas um caminho de encontro com Cristo, o Casto, de modo a viver castamente n’Ele. Os Doze Passos abrem o espaço dentro de nossos corações para crescer espiritualmente, para vir a conhecer a Cristo mais plenamente e para amá-lo mais ardentemente. A castidade, tornada possível pela graça redentora de Cristo, é uma virtude libertadora e uma fonte de alegria e liberdade humana.

Família, comunidade de amor
onde Deus quer sempre fazer-nos
participantes da Criação.
Central também na espiritualidade do Courage e do Encourage é um profundo entendimento da origem, identidade e destino dos seres humanos: que somos criados homem e mulher por Deus, e que a complementaridade do amor conjugal entre um homem e uma mulher é uma privilegiada participação no ser e poder criador de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, que através da cooperação do marido e da esposa, concedem o dom de uma nova vida humana para ser formada e querida. Tal entendimento não apenas ajuda os membros a reconhecer e respeitar suas próprias identidades como filhos e filhas de Deus, irmãos e irmãs em Cristo, mas também a ajudar nossa sociedade na luta para superar a secularização que ataca a santidade e integridade do casamento e da família.

Nós também enfatizamos a importância do contínuo desenvolvimento espiritual dos membros do Courage e do Encourage, um desenvolvimento que traz a cada crente um profundo conhecimento da fé e da sua prática, um profundo conhecimento de Cristo vivo por nós na Igreja que nos acompanha ao longo do nosso caminho de peregrinação até nossa morada eterna no Céu. O amor de Cristo, fluindo do Seu glorioso e trespassado Coração até em nosso frequentemente pobre e confuso coração, nos dará a claridade e força para irmos além. Nas palavras do emblema dos Oblatos de São Francisco de Sales: “nossos corações descansarão no Sagrado Coração de Jesus, tomarão posse do Divino Amor e não mais irão partir”.



[I] Usado com a permissão dos Alcoólicos Anônimos.

11 comentários:

  1. Excelente o site, pena que o acompanhamento ainda é muito falho, talvez por força de muitos atendimentos. Mas pelos menos para alguns deve ajudar. Espero terem sido atendidos, pois eu não conseguí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro irmão, a paz de Cristo!

      Recebemos o seu comentário com preocupação. Todos os emails que recebemos são respondidos até no máximo o dia seguinte do recebimento. Todos os emails que recebemos foram respondidos. Verifique sua caixa de spam, porque as vezes algum e-mail nosso acaba caindo lá. Verifique também na sua lixeira se não deletou algum e-mail de um dos nossos membros por engano

      Caso não tenha recebido nada, poderia encaminhar novamente o seu email para o contato@couragebrasil.com e garanto que você será prontamente atendido!

      Em Cristo,

      Courage Brasil

      Excluir
  2. O caminho para uma vida casta acontece apartir é um verdadeiro encontro pessoal com Jesus.. Eu louvo a Deus Pelo apostolado courage.

    ResponderExcluir
  3. Louvado seja Deus pelo apostolado Courage!

    ResponderExcluir
  4. Olá, onde é a sede nacional do Apostolado?
    E em que cidades há membros qi se reúnem?
    Paz de Cristo a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve Maria, Rodrigo! A maioria dos nossos conselheiros fica em São Paulo, e no momento temos reuniões em São Paulo e no Rio de Janeiro. Com a graça de Deus, pretendemos ter reuniões em cada vez mais cidades no Brasil.

      Excluir
  5. Acho que Esse lindo projeto deveria ser mais divulgado!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Contamos com sua ajuda para isso! Temos folhetos de divulgação, que podem ser solicitados pelo e-mail contato@couragebrasil.com. Salve Maria!

      Excluir
  6. Bom dia!

    Descobri esse blog casualmente quando fazia leitura dos comentários de pessoas que também leram a respeito da formação do padre Paulo Ricardo sobre Orientação a um homossexual, em um dos comentários dos participantes o mesmo divulgava esse blog, que me direcionei imediatamente ao blog através do link deixado. Já li bastante sobre todo o Courage, porém ainda me tenho dúvidas, essa pastoral que assim eu a chamo, é aprovada pela nossa igreja católica apostólica romana? Por que a própria igreja não faz divulgação e implanta em suas paróquias essa pastoral? Até então nunca tinha ouvido falar na minha paróquia. Achei um excelente trabalho, se aprovado pela nossa igreja, que seja mais divulgado, para que mais almas não seja perdidas por falta de ajuda. Salve Maria!

    ResponderExcluir
  7. Excelente todo conteúdo apresentado espero fazer parte e ser ajudado pois preciso muito.Parabéns!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.