5 Metas e 12 Passos

As seguintes cinco metas do Courage foram criadas pelos próprios membros, quando o apostolado foi fundado. Essas metas são lidos no início de cada reunião e cada membro é chamado a praticá-las na vida diária. Os doze passos, por sua vez, foram adaptados com a permissão dos Alcoólicos Anônimos, e são um programa de vida espiritual a ser seguido por todos os membros do Courage.



Cinco metas do Courage




1. Viver uma vida casta de acordo com o ensinamento da Igreja Católica Apostólica Romana acerca da homossexualidade (CASTIDADE);

2. Dedicar a própria vida à Cristo por meio do serviço ao próximo, da leitura espiritual, da oração, da meditação, da direção espiritual particular, da participação frequente da Missa e do recebimento constante dos sacramentos da Reconciliação e da Santa Eucaristia (ORAÇÃO E DEDICAÇÃO);

3. Cultivar um espírito de fraternidade no qual todos podem partilhar seus pensamentos e experiências e, assim, assegurar que ninguém venha a enfrentar sozinho os problemas da homossexualidade (FRATERNIDADE);

4.Ter em mente as seguintes verdades: que as castas amizades não são apenas possíveis como também necessárias na vivência da castidade cristã e que, no seu cultivo, elas oferecem um mútuo encorajamento (CASTAS AMIZADES);

5. Viver a própria vida de tal modo que sirva de bom exemplo para os outros (VIDA EXEMPLAR).


Doze Passos do Courage




1. Admitimos que éramos impotentes perante a homossexualidade – que tínhamos perdido o domínio sobre nossas vidas.

2. Viemos a acreditar que um Poder superior a nós mesmos poderia devolver-nos à sanidade.

3. Decidimos entregar nossa vontade e nossa vida aos cuidados de Deus, na forma em que O concebíamos.

4. Fizemos minucioso e destemido inventário moral de nós mesmos.

5. Admitimos perante Deus, perante nós mesmos e perante outro ser humano, a natureza exata de nossas falhas.

6. Prontificamo-nos inteiramente a deixar que Deus removesse todos esses defeitos de caráter.

7. Humildemente rogamos a Ele que nos livrasse de nossas imperfeições.

8. Fizemos uma relação de todas as pessoas que tínhamos prejudicado e nos dispusemos a reparar os danos a elas causados.

9. Fizemos reparações diretas dos danos causados a tais pessoas, sempre que possível, salvo quando fazê-lo significasse prejudicá-las ou a outrem.

10. Continuamos fazendo o inventário pessoal e, quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente.

11. Procuramos, através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, na forma em que O concebíamos, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a nós, e forças para realizar essa vontade.

12. Tendo experimentado um despertar espiritual, graças a esses Passos, procuramos transmitir essa mensagem a outros e praticar esses princípios em todas as nossas atividades.






Dúvidas? Escreva-nos: contato@couragebrasil.com

24 comentários:

  1. Sou Seminarista e tenho a orientação homossexual, sinto que tenho o chamado a servir a Deus como sacerdote e que não é fuga. Busco viver o celibato desde já, mas infelizmente tenho um vicio que luto constantemente contra, a masturbação. Peço ajuda para vencer esse vicio e não que ele me afaste do chamado de Deus em minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escreve para a gente: contato@couragebrasil.com. Coragem!

      Excluir
    2. Amg, eu tbm tinha este vício, comecei um relacionamento e as coisas pioraram. Quando comecei a frequentar a igreja decidi parar com isso, apesar de ser hétero não foi fácil, mas devemos ter consciência de que é algo destruidor, vc como futuro sacerdote, vai tocar o corpo de Cristo, lembre-se disso, lembre-se que Cristo está em vc e deixe que ele seja mais forte que vc. Respeite Jesus. Veja o exemplo da Virgem Maria e São José, que casados guardaram a castidade.

      Excluir
  2. Graças a Deus vocês existe e só tenho que agradecer a Deus por isto.Obrigado!

    ResponderExcluir
  3. O que seria uma amizade casta??

    ResponderExcluir
  4. Leia estas duas matérias nossas e entenderá.

    http://www.couragebrasil.com/2015/07/esp-ams-e-amizade-1-parte.html

    http://www.couragebrasil.com/2015/07/esp-ams-e-amizade-2-parte.html

    Coragem!

    ResponderExcluir
  5. Obrigado amigos. Continuem essa obra. Eu achei que estava sozinho...

    ResponderExcluir
  6. Obrigado por existir! Quero mudar e preciso de ajuda! Sou Tiago tenho 28 anos e quero voltar! Ser quem eu nasci pra ser!

    ResponderExcluir
  7. Manda um email pra eles: contato@couragebrasil.com

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo belo apostolado, sei que irá me ajudar muito... Muito obrigado e que Deus os abençoe!!

    ResponderExcluir
  9. Como jovem de igreja tenho a necessidade imensa de ajuda quanto a essa questão da sexualidade. Tenho batalhado e conseguindo viver a castidade há três meses, contudo, existem outros fatores que atrapalham. E portanto, preciso de orientação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escreve para a gente no e-mail contato@couragebrasil.com

      Excluir
  10. O q é castidade? Li o texto mas não entendi direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Catecismo da Igreja Católica, dos parágrafos 2331 ao 2359, trata do assunto. Ele está disponível em portugues no site do Vaticano, caso não o tenha.

      Excluir
  11. Como posso ajudar um amigo que é Homossexual, mas ainda está confuso e não sabe o que fazer?

    ResponderExcluir
  12. Sou leigo vocacionado e tenho a orientação homossexual. Sinto que Deus me chama ao serviço da vida presbiterial mas, infelizmente tenho o vício da masturbação e da prática sexual com uma certa frequência. Em certos momentos da minha vida tento controlar essas práticas para poder atender ao chamado de Deus mas, por prática-las sinto-me um "lixo" e acabo enfrentando crises emocionais, pessoais, vocacional e comunitária. Peço MUITO a ajuda para vencer estes vícios e assim atender ao chamado de Deus e me sentir uma melhor pessoa em relação a minha vida tanto pessoal como sexual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manda um email pra eles: contato@couragebrasil.com

      Você não está sozinho!!! Coragem!!!

      Excluir
  13. É possível ter a orientação homossexual e ter vocação sacerdotal?

    ResponderExcluir
  14. É poss`vel ter orientação homossexual e ser padre?

    ResponderExcluir
  15. Por favor, me ajudem a vencer o lesbianismo, tenho 02 filhas e preciso ser liberta desse vício.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escreva para a gente: contato@couragebrasil.com. Ficamos no aguardo.

      Excluir
  16. Vivo até hoje em sigilo a homossexualidade, fiz a experiência da vida religiosa por alguns anos,mas o conflito interno permaneceu. Por não ter coragem de falar no assunto com meu diretor espiritual, tomei a decisão de deixar a comunidade. Sei que gostaria de estar na igreja a serviço do povo, mas sem o peso na consciência de estar tbm praticando sexo.
    Pena que só hj tomo conhecimento do courage

    ResponderExcluir
  17. Eu já venho tentando fazer os passos, não me sinto homossexual, no entanto sou viciado em masturbação, da qual uma das formas que me levam a continuar a praticar esses vício, que seria um toc, estaria vinculado com pensamento autodestrutivos de ser homossexual. Por isso peco a sua oração para superar essa situação.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nosso blog

Abaixo você tem disponível um espaço para partilhar conosco suas impressões sobre os textos do Apostolado Courage. Sinta-se à vontade para expressá-las, sempre com respeito ao próximo e desejando contribuir para o crescimento e edificação de todos.